Cadela de trás pra frente
Alice Queiroz

arte: Pico do Jaraguá, Paula Toni

Cheguei sozinha em casa. Um cachorro latiu ao me ver passar, assustada e infeliz, rumo ao metrô Praça da Árvore. E segui meu caminho. Dei uma corridinha. Ele estava me encarando enquanto eu me afastava. Mesmo assim, a uma distância segura, olhei para trás. Sabia que não estava sendo seguida. Andei ainda mais rápido.

- Ei.

Ainda assim ele soprava mais uma vez. Com frio e cansada. Sem bunda, sem peito, sem nada. Enfiado em um moletom preto três números e um gênero acima do meu. Algo se despedaçou dentro do meu corpo ainda menor e mais miserável.

- Psiu.

Ouvi o sopro me atingir novamente. Não havia o que fazer. Sem dinheiro, sem bilhete, sem celular. Tinha apenas a garrafa de água de plástico, um maço barato de cigarros, a chave de casa e um isqueiro. A outra metade batia forte. Uma metade do meu coração parou.

- Psiu.

Assim que me virei, andando rapidamente na tentativa de ignorar o porte musculoso e o movimento ostensivo ao fechar o zíper da calça, ele soprou em voz alta. O último, no começo do meu caminho de volta. Felizmente de costas. Peguei três em pleno ato. Como se a cidade fosse uma privada a céu aberto. Aproveitando a quase completa ausência de mulheres, viram latas de cerveja e urinam pelos cantos sem o menor pudor. Descobri que durante essas horas insones os homens viram cachorros. Do metrô Vergueiro até o Saúde e do metrô Saúde até o Vergueiro. Seis horas de caminhada. Madrugada.


Alice Queiroz nasceu em São Paulo. É bacharela em Letras pela USP e já trabalhou em duas livrarias: editora unesp e Martins Fontes. Em 2020, publicou na germina, revista eletrônica de literatura & arte, e na antologia poética Clausura, organizada por Rosana Piccolo. Escreve no blog de literatura erótica tudoseinadatenho.com.


Paula Toni. Formada em bacharelado de artes visuais pela USP, tem também formação em conservação de acervos e gestão cultural. Trabalha principalmente com pintura e gravura, utilizando imagens de referência cinematográfica.

Para ler outros textos desta edição

Edições anteriores